Juiz anula sua própria decisão e “devolve” título de doutor a Lula

Depois da péssima repercussão de sua decisão, que retirou um dos títulos de doutor honoris causa entregue ao ex-presidente Lula pela Universidade Estadual de Alagoas, o juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos alegou erro do sistema e tornou sem efeito sua própria decisão

Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da Uneal, em Arapiraca (AL) em 2017
Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da Uneal, em Arapiraca (AL) em 2017 (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Depois de ter provocado repercussão negativa com sua decisão que cassou um dos 36 títulos de honoris causa entregue ao ex-presidente Lula pela Universidade Estadual de Alagoas em 2017, o juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos anulou sua própria decisão de sexta-feira (9) e “devolveu” nesta quarta-feira (14) o título a Lula.

Segundo reportagem do site Gazeweb, de Alagoas, no texto da decisão desta quarta, o magistrado alegou que a sentença anterior foi liberada nos autos digitais de forma inadequada. Segundo o juiz, isso aconteceu, possivelmente, por algum comando dado no sistema de forma involuntária. “Uma vez que a minuta ainda em edição estava na fila de processos em elaboração e acabou sendo finalizada juntamente com outras decisões corrigidas no mesmo dia”, argumentou.

O juiz também declarou prescrita a ação popular que pedia anulação do título de doutor concedido a Lula. A Universidade Estadual de Alagoas informou que iria recorrer da decisão

Ao todo, o ex-presidente Lula tem 35 títulos de doutor honoris causa. Confira a lista completa.

Inscreva-se na TV 247 e assista a boletim sobre o assunto:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247