Universidade Estadual de Alagoas reage a cassação de título de honoris causa de Lula e vai recorrer

"A Uneal comunica que irá recorrer da decisão", afirmou, em nota, a Universidade Estadual de Alagoas após um juiz do Estado anular o ato que outorgou o título de doutor honoris causa ao ex-presidente Lula, em 2017. De acordo com a instituição, a decisão do juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos "fere a Constituição Federal, que garante autonomia às universidades brasileiras"

Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da Uneal, em Arapiraca (AL) em 2017
Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da Uneal, em Arapiraca (AL) em 2017 (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) informou, em nota na noite desta segunda (12) que recorrerá da decisão do juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos, da 4ª Vara Cível de Arapiraca (AL), após o magistrado anular o ato da instituição, que outorgou o título de doutor honoris causa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2017. A determinação atendeu a um pedido da candidata do PSDB à Câmara Municipal de Maceió Maria Tavares Ferro.

"Diante da notícia da anulação, por decisão da 4ª Vara Cível de Arapiraca, do título de doutor honoris causa concedido pela Universidade Estadual de Alagoas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Uneal comunica que irá recorrer da decisão", diz o texto da Uneal. 

"A sentença da 4ª Vara Cível de Arapiraca não somente afronta o Conselho Superior da instituição, órgão máximo que aprovou o título honorífico, mas também fere a Constituição Federal, que garante autonomia às universidades brasileiras. Em resposta à decisão, o setor jurídico da Uneal já foi acionado e tomará as medidas judiciais cabíveis", acrescentou.

De acordo com a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), o magistrado, "além de agredir a autonomia universitária", tomou "partido político"

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247