Secretário nacional de Segurança Pública ataca governador da Bahia e cria novo atrito com o Nordeste

Após o secretário nacional de Segurança Pública, general da reserva Guilherme Theophilo, atacar o governador da Bahia, Rui Costa, o secretário de Segurança estadual, Maurício Barbosa, deixou o grupo de WhatsApp do Fórum Nacional de Secretários de Segurança, que reúne os 27 secretários estaduais de todo o país

(Foto: ASCOM)

247 - Após o secretário nacional de Segurança Pública, general da reserva Guilherme Theophilo, atacar o governador da Bahia, Rui Costa (PT), o secretário de Segurança estadual, Maurício Barbosa, deixou o grupo de WhatsApp do Fórum Nacional de Secretários de Segurança, que reúne os 27 secretários estaduais de todo o país. 

De acordo com o blog do jornalista Guilherme Amado, o motivo para a saída de Barbosa foi a publicação de um link de um “site bolsonarista que espalha notícias falsas” feita por Theophilo no grupo. 

O link postado pelo general levava a uma notícia cujo título chamava o governador da Bahia, Rui Costa (PT), de “infame” e o acusava de criar “uma arapuca”, em referência ao fato do governador não ter autorizado a Polícia mIlitar a atuar na segurança do presidente Jair Bolsonaro, que nesta quarta-feira (23) particou da inauguração de um aeroporto em Vitória da Conquista. (Leia no Brasil 247)

Barbosa reagiu com uma postagem antes de sair do grupo onde afirmava que diante da postagem feita pelo militar “não se sentia à vontade para permanecer no grupo”. “Estou à disposição sempre para tratar de qualquer assunto de interesse da segurança pública de forma técnica, como sempre tratei com qualquer governo que já passou por esses últimos anos. Acreditei que esse fórum era técnico para discussões de interesses exclusivos da segurança pública nacional”, escreveu. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247