Bolsonaro seria mais útil ao país se entregasse o cargo, diz Boulos

Guilherme Boulos disse que Jair Bolsonaro reafirmou sua incompetência em enfrentar os problemas do Brasil, em meio à pandemia que já matou quase 200 mil pessoas

Guilherme Boulos
Guilherme Boulos (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do MTST e quadro do PSOL na capital paulista, Guilherme Boulos, pediu a renúncia de Jair Bolsonaro, após o presidente afirmar a apoiadores que "o País está quebrado" e que ele não pode fazer nada

Pelo Twitter, Boulos disse que, com a declaração, Bolsonaro reafirmou sua incompetência em enfrentar os problemas do país, em meio à pandemia que já matou quase 200 mil pessoas. 

"Depois de 17 dias de férias durante a maior crise do século, Bolsonaro volta ao Palácio do Planalto para reafirmar sua incompetência. Ele seria muito mais útil ao país se entregasse o cargo", afirmou. 

Em conversa com apoiadores, Bolsonaro disse também que a imprensa faz um "trabalho incessante de tentar desgastar" o governo, mas que "vão ter que me aguentar até o final de 2022". 

Após as declarações, o termo "renuncia" ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email