Conselho de Ética aprova por unanimidade a cassação do vereador Gabriel Monteiro

Com a aprovação do relatório, o plenário da Câmara votará o pedido na terça-feira (16), sendo necessário o voto de 2/3 dos vereadores para a cassação

www.brasil247.com -
(Foto: Renan Olaz/CMRJ)


247 - O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira (11), o relatório que defende a cassação do vereador Gabriel Monteiro (PL) por quebra de decoro, informa o portal UOL

O documento, de autoria do vereador Chico Alencar (PSOL), menciona, como exemplos de infrações cometidas por Monteiro, a "filmagem e armazenamento de vídeo de sexo com adolescente; exposição vexatória de crianças e pessoas em situação de rua em vídeos manipulados; assédio moral e sexual contra assessores do mandato; denúncias contundentes de estupro por quatro mulheres que relatam o mesmo modus operandi", entre outros.

Com a aprovação do relatório, o plenário da Câmara votará o pedido na terça-feira (16), sendo necessária a aprovação de 2/3 dos vereadores para a cassação.

O entendimento do conselho é que, mesmo se for cassado, Monteiro, que é candidato a deputado federal, ainda estará elegível, pois a eventual perda do mandato apenas ocorreria após a homologação de sua candidatura.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email