Corinthians nega participação na entrega de camisa por Marcelinho Carioca a Bolsonaro

"O Sport Club Corinthians Paulista torna público que não teve qualquer participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Brasília", afirmou o time por meio de nota

Jair Bolsonaro e Marcelinho Carioca
Jair Bolsonaro e Marcelinho Carioca (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Corinthians negou participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca de entregar uma camisa do time a Jair Bolsonaro, uma espécie de "comemoração" da Medida Provisória 984/2020, que dá aos clubes mandantes dos jogos os direitos de transmissão das partidas. 

"O Sport Club Corinthians Paulista torna público que não teve qualquer participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Brasília. A entrega da camiseta nesta quarta, na Presidência da República, foi uma ação única e exclusiva do ex-atleta", disse o clube. 

"Cabe ressaltar que a nova camisa do clube, com o logotipo do patrocinador BMG em preto e branco, já havia sido amplamente divulgada em evento na Arena Corinthians em 11/7. Por fim, o Corinthians se mantém fiel às suas tradições, respeitando todas as correntes políticas e coerente com suas origens de clube de todos os brasileiros", continuou.

Por conta da ação, o ex-atleta perdeu o contrato de publicidade com o banco BMG. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247