Covid-19: “é desumano o que a população de rua está passando”, diz Padre Júlio Lancellotti

Atuante histórico no auxílio à população de rua em São Paulo, Padre Júlio Lancellotti contou à TV 247 as dificuldades vividas por essas pessoas em tempos de pandemia de coronavírus. “Não há isolamento social sem estrutura”. Assista

www.brasil247.com - Padre Júlio Lancellotti
Padre Júlio Lancellotti (Foto: Divulgação)


247 - Padre Júlio Lancelloti, que atua há décadas no auxílio à população de rua de São Paulo, conversou com a TV 247 sobre a situação dessas pessoas em tempos de pandemia de Covid-19. Ele ressaltou que “não há isolamento social sem estrutura” e que, portanto, esse grupo fica desprotegido do coronavírus. Também participou do programa o médico Carlos Vasconcelos, do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, que trouxe a realidade das favelas no estado.

“A população mais pobre está vivendo uma situação dramática”, observou o padre, que pontuou que é preciso mudar o sistema sob o qual vive o Brasil. “Não é só solidariedade, precisamos caminhar para outro sistema”.

Padre Júlio Lancellotti criticou também a normalização do estado das pessoas que vivem pelas ruas. “É desumano o que a população de rua está passando. Nós nos acostumamos à vida desumana. Esse contraste violento (da desigualdade) passou a ser normalizado na nossa cultura”. Ele também falou sobre a falsa ideia de que “estamos todos no mesmo barco” em relação à pandemia. “Dizem que estamos no mesmo barco, mas não é verdade. Estamos no mesmo mar, porém alguns estão de iate”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo dados da Prefeitura de São Paulo, 22 pessoas em situação de rua já morreram desde o início da pandemia, mas o padre acredita que o número “seja muito maior”. Ele ainda criticou uma decisão do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que adiou a contratação de hotéis para abrigar idosos que vivem nas ruas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email