David Miranda pede impeachment do governador Cláudio Castro após chacina no Jacarezinho

O deputado federal protocolou nesta segunda-feira, na Alerj, o pedido de impeachment do governador do Rio de Janeiro. O parlamentar destaca que Cláudio Castro descumpriu ordem do STF ao permitir a operação policial na favela do Jacarezinho

David Miranda e Cláudio Castro
David Miranda e Cláudio Castro (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) protocolou nesta segunda-feira (10) pedido de impeachment do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), por crime de responsabilidade cometido diante da permissão da chacina na favela do Jacarezinho.

No documento, o parlamentar alega ter havido na conduta do governador descumprimento da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), agravado por permitir que a operação se estendesse por quase 10 horas ininterruptas com escalada de mortes e demonstração de falta de controle dos mandantes e agentes. 

A petição, que se baseia no artigo 146 da Constituição Estadual, foi protocolada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), encaminhada ao presidente, o deputado estadual André Ceciliano (PT).

PUBLICIDADE

Em entrevista à TV 247, na última semana, David Miranda, nascido e criado no Jacarezinho, criticou duramente a operação policial na favela: "se a polícia e o Estado querem realmente fazer uma diferença, eles vão investir em educação, vão investir em cultura nesses ambientes, em esporte. Se eles querem fazer uma mudança de política, é essa política que a favela precisa, e não a política do terrorismo, do genocídio”.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email