Doria faz apelo ao Itamaraty para agir e viabilizar com China liberação de insumos para Coronavac

Apelo de João Doria ocorre após Jair Bolsonaro disparar novos ataques à China, causando a incerteza no envio de insumos para a produção da vacina Coronavac

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O governador de São Paulo, João Doria, fez um apelo em suas redes sociais nesta sexta-feira (14), pedindo que o Itamaraty intervenha e ajude no apelo para que os chineses voltem a enviar insumos ao Brasil para a produção da vacina Coronavac. O Butantan anunciou nesta manhã que suspendeu a fabricação de vacinas por conta da falta de insumos. 

O não envio de insumos para o Brasil pode estar relacionado aos novos ataques que Bolsonaro fez à potência asiática. Ele disse na semana passada que os chineses criaram o vírus da Covid-19 de propósito em laboratório para poder lucrar com a pandemia.

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista a um vídeo que aborda o tema "Bolsonaro":

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email