Flávio Bolsonaro agora tenta defender o pai após o colapso em Manaus: 'nada a ver com o governo federal'

Senador Flávio Bolsonaro diz que o governo federal está "provando que ninguém fica pra trás", ao comentar sobre o colapso no sistema de saúde de Manaus. De acordo com o parlamentar, seu pai não tem culpa do problema na capital amazonense. Panelaço marcado para esta sexta-feira, no entanto, já demonstra que a rua começa a fazer a pressão pelo impeachment

(Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Seguindo a narrativa do pai, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) tentou tirar responsabilidade do governo federal pelo colapso do sistema de saúde em Manaus (AM), onde falta até oxigênio e obriga autoridades amazonenses a enviar pacientes para outros estados

"Governo Bolsonaro, mais uma vez, provando que ninguém fica pra trás mesmo quando a responsabilidade pelo problema não tem absolutamente nada a ver com a esfera federal", disse o parlamentar no Twitter. 

Em nova tentativa de se eximir da responsabilidade, Jair Bolsonaro afirmou que o governo "fez a sua parte".

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que "o nosso povo não tem essa imposição de disciplina".

Nesta sexta-feira (15), a partir das 20h30, haverá um panelaço para cobrar do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a abertura de um processo de impeachment de Jair Bolsonaro. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email