Marcelo Crivella vira réu em processo sobre 'QG da propina'

Ex-prefeito do Rio de Janeiro, preso em dezembro de 2020, Marcelo Crivella é acusado de comandar um esquema de liberação de pagamentos a credores do executivo municipal e direcionar licitações em troca de propina

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella (Foto: EBC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-prefeito do Rio de Janeiro, preso em dezembro de 2020, Marcelo Crivella (Republicanos) virou réu no processo sobre o chamado “QG da propina” na prefeitura da capital carioca, nesta quarta-feira, 3.

Ele é acusado de comandar um esquema de liberação de pagamentos a credores do executivo municipal e direcionar licitações em troca de propina. Junto com ele, 25 outras pessoas viraram rés, entre empresários, políticos, marqueteiros, etc.

Juíza da 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado, Juliana Benevides recebeu a denúncia do Ministério Público do RJ e a decisão foi publicada na terça-feira, 2.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email