MP abre investigação contra deputado bolsonarista Douglas Garcia por ofensas contra jornalista Vera Magalhães

O deputado bolsonarista tem direito a foro privilegiado por prerrogativa de função e só pode ser processado criminalmente pelo procurador-geral

www.brasil247.com - Vera Magalhães e Douglas Garcia
Vera Magalhães e Douglas Garcia (Foto: Reprodução)


247 - O procurador-geral da Justiça de São Paulo, Mario Luiz Sarrubbo, instaurou nesta quarta-feira (14) uma investigação no âmbito criminal contra o deputado bolsonarista Douglas Garcia (Republicanos) que intimidou a jornalista Vera Magalhães após o debate entre candidatos ao governo de São Paulo, realizado por TV Cultura, Folha e UOL na noite dessa terça-feira (13). Douglas Garcia tem direito a foro privilegiado por prerrogativa de função e só pode ser processado criminalmente pelo procurador-geral.

O MP-SP assinou em agosto um acordo com entidades da imprensa para a proteção a jornalistas. Foram criados canais complementares para o recebimento de denúncias de casos de violência contra esses profissionais.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247