Policiais do Rio mataram, em média, uma pessoa a cada dez horas desde 1998

De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), entre janeiro de 1998 e março deste ano, quase 21 mil pessoas morreram em confronto com a polícia no Estado do Rio

Chacina do Jacarezinho
Chacina do Jacarezinho (Foto: Ricardo Moraes/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou um levantamento apontando que, entre janeiro de 1998, início da série histórica divulgada pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), e março deste ano, 20.957 pessoas morreram em confronto com a polícia no Estado do Rio, o que representa uma morte a cada dez horas, em média, nestes 23 anos. Nessa quinta-feira (6), uma operação policial no Jacarezinho, Zona Norte da cidade do Rio, terminou com 25 mortos. Um deles era policial civil. Foi a maior chacina da história da capital fluminense

Dos cinco anos com maior quantidade de mortos pela polícia, três são os mais recentes: 2019 (1.814 mortes), 2018 (1.534) e 2020 (1.245 mortos). Em  média, a polícia do Rio mata 873 pessoas em confrontos armados a cada ano. E as 20.957 pessoas superam os habitantes de 27 municípios fluminenses, de acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo.

Levando em consideração os dez meses em que a polícia mais matou suspeitos, todos estão concentrados nos anos de 2018, 2019, 2020 e 2021. O mês com mais registros foi julho de 2019, com 195 mortes.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email