“Queremos eleições livres e tranquilas”, diz reitor da USP em ato pela democracia

Carlos Gilberto Carlotti defendeu um processo eleitoral sem fake news e intimidações; carta já se aproxima de 1 milhão de signatários

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Youtube)


247 - Em discurso de abertura da cerimônia de leitura da carta às brasileiras e brasileiros pela democracia, nesta quinta-feira (11), o reitor da Universidade de São Paulo (USP), Carlos Gilberto Carlotti Jr, conclamou a sociedade civil e organizada a lutar por eleições livres e tranquilas.

“Queremos eleições livres e tranquilas, um processo eleitoral sem fake news, pós-verdades ou sem intimidações”, disse o professor, que falou em nome também das outras universidades públicas de São Paulo: Unesp, Unicamp, Unifesp, UFABC e UFSCar.

>>> Carta às brasileiras e brasileiros em defesa da democracia: sociedade dá um basta ao golpismo bolsonarista

Carlotti ressaltou a importância do manifesto, que já está próximo de um milhão de assinaturas. “Estamos aqui em união para defender a democracia, a legislação eleitoral, a Justiça Eleitoral. Que a vontade do povo brasileiro seja respeitada e seja soberana”, finalizou.

A leitura da carta acontecerá às 11h, no Largo São Francisco, mas não somente em São Paulo. Além da USP, outras 39 universidades farão a leitura ao longo do dia. 

O ato desta quinta-feira é uma forte reação às ameaças golpistas de Jair Bolsonaro (PL), que brada contra as urnas eletrônicas e insinua que poderá não acatar o resultado das eleições.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email