Rogério Correia pede apreensão do passaporte de Weintraub para evitar fuga

Após Abraham Weintraub afirmar que pretender sair do Brasil, mesmo sendo alvo de investigação no STF, o deputado Rogério Correia (PT-MG) quer a apreensão do passaporte do ex-ministro da Educação. "Pode muito bem, a pretexto do serviço que prestar, fugir do Brasil com os crimes que ele está cometendo", disse. "A prisão dele é uma possibilidade real"

Rogério Correia e Abraham Weintraub
Rogério Correia e Abraham Weintraub (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados | Lula Marques)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) pedirá a apreensão do passaporte do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub demitido do cargo nessa quinta-feira (18). Economista, ele ganhou um cargo no Banco Mundial e receberá mais de R$ 1,3 milhão por ano. "Pode muito bem, a pretexto do serviço que prestar, fugir do Brasil com os crimes que ele está cometendo. A prisão dele é uma possibilidade real, depois que ele disse que iria prender ministros do Supremo e chamou os ministros duas vezes de vagabundos", disse.

O ex-chefe do MEC confirmou que sairá do Brasil. "Agora é evitar que me prendam", disse.

O parlamentar mineiro destacou que Weintraub "tentou habeas corpus no Supremo Tribunal Federal e não conseguiu". "E agora está dizendo que o Bolsonaro vai lhe dar um cargo no Banco Mundial, que tem sede em Washington", afirmou o parlamentar. O relato foi publicado no site Itatiaia.  

PUBLICIDADE

O ministro é um dos investigados no inquérito das fake news, do Supremo Tribunal Federal (STF). Weintraub ficou com a imagem mais desgastada após dizer que, por ele, botava "esses vagabundos" do STF na cadeia. 

Também levou uma enxurrada de críticas por erros na elaboração do Enem, por declarações polêmicas sobre universidades públicas, que, segundo ele, são palcos de balbúrdia.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email