Tribunal de Justiça de São Paulo decreta despejo de Naji Nahas de mansão

A mansão que foi palco do jantar em que Michel Temer se fartou de rir da imitação de Jair Bolsonaro feita por André Marinho

(Foto: Reprodução/YouTube)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A 13ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo autorizou reintegração de posse de um imóvel ocupado pelo empresário Naji Nahas

Segundo o blog do jornalista Fausto Macêdo, a decisão atende a pedido da Companhia Pebb de Participações, que tinha um comodato verbal com Nahas desde 1999. A empresa, no entanto, desistiu do acordo após ‘reiterados descumprimentos das obrigações de preservação e manutenção’ do imóvel por parte do investidor.

Segundo Macêdo, o imóvel ocupa dois números da Rua Guadelupe, próxima à Avenida Brasil, no bairro Jardim Paulista. A área total do terreno é de 5,6 mil metros quadrados. A área construída tem 2 mil metros. O imóvel conta com três edificações, sendo que a principal delas possui sete dormitórios. Avaliação realizada em novembro de 2018 indicou que o ‘valor venal’ para a época era de R$ 26,8 milhões e o ‘valor de mercado livre para venda’ era de R$ 53 milhões.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email