Wadih Damous: desmoralizar pessoas com acusações sem provas não passava de mera diversão para Lava Jato

Ex-deputado Wadih Damous, cuja prisão chegou a ser defendida pro procuradores da Lava Jato, demonstrou indignação com a declaração de Laura Tessler

www.brasil247.com -
(Foto: Ederson Casartelli/Brasil247)


247 - O advogado e ex-deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) criticou nesta terça-feira (2) as novas revelações de conversas de procuradores da Lava Jato, apresentadas pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Supremo Tribunal Federal (STF). 

Pelo Twitter, Damous citou a declaração da procuradora Laura Tessler, que demonstrou se divertir em “detonar a imagem do nine”, ao se referir a Lula. 

"Agora,o Brasil vai se divertir detonando a imagem dessa gangue de debochados de Curitiba. Para eles, desmoralizar pessoas acusadas sem provas não passava de mera diversão. São debochados e criminosos", afirmou Damous. 

Em outro diálogo, apresentado ao STF pela defesa de Lula no dia 22 de fevereiro, procuradores da força-tarefa de Curitiba defenderam a prisão de Wadih Damous, que havia recém deixado o mandato de deputado federal. "Esse fdp merece grade.. e qdo quiser colaborar vamos virar as costas", disse um procurador. 

 

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email