Chefe da segurança da campanha de Lula pede abertura de inquérito contra empresário que fez tiro ao alvo em foto do petista

Delegado da PF Andrei Augusto Passos Rodrigues também solicitou que a mulher do empresário bolsonarista seja investigada

www.brasil247.com - Luiz Henrique Crestani
Luiz Henrique Crestani (Foto: Reprodução (Instagram))


247 - O delegado da Polícia Federal Andrei Augusto Passos Rodrigues, chefe da segurança da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pediu que a instituição abra um inquérito para investigar a conduta do empresário catarinense Luiz Henrique Crestani em função de um vídeo divulgado por ele em que parecia atirando contra um alvo com a imagem do petista. A informação é da jornalista Andréia Sadi, do G1

No vídeo, Crestani e a mulher apontam e disparam contra um alvo com em que Lula está apontando uma arma para uma pessoa não identificada. Na mensagem colocada acima do alvo está a frase “Atire no ladrão”. “Agora não sei qual que é o ladrão aqui. Pegou tiro em tudo que é lado. O ladrão é o de lá ou de cá? Bota aí nos comentários”, diz Crestani ao se aproximar do material destruído pelos tiros deflagrados por armas de grosso calibre.. 

Ainda segundo a reportagem, no pedido encaminhado à Corregedoria da PF, o delegado também solicitou a abertura de um inquérito para apurar a conduta da esposa do empresário, Patrícia. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email