HOME > Sul

Empresa da família do bolsonarista Jorge Seif deve R$ 4 milhões à União

A JS Pescados, no ano passado, esteve no centro de outra polêmica: a empresa teve apreendido um caminhão que transportava 320 quilos de maconha

Jorge Seif (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A JS Pescados, empresa ligada à família do senador Jorge Seif (PL-SC), deve, segundo informações da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, R$ 4,1 milhões à União, sendo R$ 3,8 milhões em dívidas previdenciárias e R$ 200 mil em dívidas tributárias, além de multas trabalhistas e outros atrasos em impostos federais, informa Guilherme Amado, do Metrópoles. Nem Seif nem a JS Pescados se manifestaram ainda sobre a dívida.

Atualmente, o senador enfrenta um processo de cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O processo foi instaurado por suspeita de abuso de poder econômico na eleição de 2022.

Além das questões financeiras, a empresa da família Seif também já se viu envolvida em um episódio polêmico em 2023. Um caminhão registrado em nome da JS foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal em Naviraí (MS) transportando 320 quilos de maconha. Apesar das alegações do senador negando qualquer irregularidade e afirmando que o caminhão havia sido vendido, documentos revelaram que o comprador era um funcionário da família Seif.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados