Ex-secretário do governo Dilma morre eletrocutado em Florianópolis

Presidente Lula soltou nota de pesar: “Diogo Santana era um advogado brilhante e uma pessoa comprometida com um Brasil melhor, mais justo, humano e solidário”

Diogo Santana
Diogo Santana (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Morreu nesta sexta-feira (1º), em Florianópolis, Diogo Santana, ex-Secretário Executivo da Secretaria Geral da Presidência da República, na época comandada pelo ministro Gilberto Carvalho, durante o governo de Dilma Rousseff.

De acordo com informações preliminares, Diogo morreu após encostar em uma cerca elétrica.

Ele assumiu o cargo em 2013, logo após o então secretário Rogério Sotilli ser convidado pelo, na época, novo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, para comandar a Secretaria de Direitos Humanos e Participação Social de São Paulo.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247