Paulo Pimenta: Fabrício Queiroz é o PC Farias da família Bolsonaro

“Que recado Queiroz mandou para Bolsonaro?”, indagou o deputado, após o ex-assessor da família Bolsonaro postar nas redes sociais que se sentia abandonado pelos aliados

Paulo Pimenta, Flávio Bolsonaro com Fabrício Queiroz e Jair
Paulo Pimenta, Flávio Bolsonaro com Fabrício Queiroz e Jair (Foto: Câmara dos Deputados | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Afinal, “que recado Queiroz mandou para Bolsonaro?”, indagou o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), após postagem do ex-assessor da família Bolsonaro de queixa de abandono dos aliados.

Ao responder um dos internautas, Fabrício Queiroz ainda disse que sua “metralhadora está cheia de balas”. Para Pimenta, a mensagem foi “uma ameaça clara” do ex-chefe de gabinete de Flávio Bolsonaro. Pimenta ainda comentou que Fabrício Queiroz “é o PC Farias da Família Bolsonaro”.

Na mensagem, Queiroz reclama do abandono por parte de três antigos amigos, hoje muito próximos de Jair Bolsonaro: o deputado Hélio Negão, o assessor presidencial Max de Moura e o assessor de Flávio Bolsonaro Fernando Nascimento Pessoa, investigado no inquérito das fake news.

PUBLICIDADE

“É! Faz tempo que eu não existo para esses três papagaios aí! Águas de salsicha literalmente! Vida segue…”, escreveu. O colunista Guilherme Amado faz a seguinte interpretação a partir da mensagem: “Há um possível texto subjacente na postagem. Se Queiroz só reclama do abandono dos três ‘papagaios’, pode-se concluir que, com a figura principal da foto, segue tendo contato”.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email