HOME > Sul

PT diz que 'orienta seus filiados em todo o país a integrar as ações de solidariedade' ao RS

Mais de 149 mil pessoas estão fora de suas casas no estado, atingido por temporais

Enchente no Rio Grande do Sul (Foto: Ricardo Stuckert)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O PT do Rio Grande do Sul emitiu nesta segunda-feira (6) uma nota reforçando a necessidade de ações de solidariedade ao estado, onde mais de 80 pessoas morreram por causa das chuvas que atingem o estado desde o último dia 29. São mais de 149 mil pessoas fora de suas casas, e 873 mil atingidos em 364 cidades. 

"O PT orienta seus militantes e filiados(as) em todo o país a integrar as ações de solidariedade, por meio de doações de mantimentos, roupas e recursos. Aos companheiros e companheiras do Sul, reforçamos a orientação de atuar como voluntários nos abrigos e cozinhas coletivas, no atendimento médico e sanitário, em mutirões e de todas as formas possíveis, inclusive abrigando pessoas em suas casas", afirmou.

De acordo com o partido, "a situação do sul do país expõe completamente os erros trágicos do negacionismo e do descaso com as políticas ambientais, que estão na origem tanto das enchentes e inundações quanto das secas prolongadas, da morte dos rios e das queimadas que afetam especialmente a população mais pobre em todas as regiões do país".

"É necessário, mais do que nunca, tomarmos consciência de que o custo de reagir às emergências é muito maior do que o investimento na prevenção e preservação do ambiente e no enfrentamento da crise climática".

A legenda também destacou as ações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seus ministros. "O presidente viajou duas vezes ao Rio Grande do Sul, com seus ministros e outras autoridades. Enviou equipes das Forças Armadas e da Defesa Civil que contribuíram para resgatar 20 mil pessoas, garantiu mais de R$ 800 milhões em ajuda humanitária, antecipando o Bolsa Família e outros pagamentos do MDS, entregou mais de 50 mil cestas de alimentos, antecipou repasses do SUAS e do SUS, entre outras ações imediatas, e já trabalha no planejamento da reconstrução do estado".

Segundo o partido, "a situação no estado está sendo enfrentada com sintonia institucional em todos os níveis federativos: governo federal, estadual e municipais. E sob a liderança do presidente Lula também estão presentes na solução dos problemas os presidentes da Câmara e do Senado, do Supremo Tribunal Federal e o Tribunal de Contas da União. O momento requer união!".

"Mais uma vez, o presidente Lula demonstra sua capacidade de unir o país, acima das diferenças políticas, tendo sempre em vista as necessidades reais da população. O governo está atuando com firmeza, com pessoal, recursos financeiros e presença cotidiana no estado".

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados