Psicóloga afirma que dano psíquico é maior se menina grávida de estuprador mantiver gravidez

A psicóloga Daniela Pedroso comentou o caso da decisão judicial que negou aborto legal a uma menina de 11 anos em Santa Catarina

www.brasil247.com - Psicóloga Daniela Pedroso
Psicóloga Daniela Pedroso (Foto: Reprodução)


247 - A psicóloga Daniela Pedroso, 48, comentou a decisão da juíza Joana Ribeiro que negou o aborto legal a uma menina de 11 anos vítima de estupro, em Santa Catarina, e destacou os "danos psíquicos" a crianças quando elas continuam com a gestação. 

"Os estudos internacionais mostram que os danos psíquicos serão mais severos se essas meninas levarem a gestação a termo por não terem acesso a um abortamento seguro. A adoção também é mais prejudicial do ponto de vista psicológico do que interromper a gestação", disse em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, publicada nesta quarta-feira (22).

A profissional afirmou ser comum ela receber pacientes jovens e grávidas. "Porque não elas não têm conhecimento do seu próprio corpo. Não sabem que aquilo que sofreu foi um abuso sexual. Atendi uma vez uma menina de dez anos que chegou grávida ao serviço. Ela estava no banho e viu sair leite do seio e gritou pela mãe. Foi aí que ela conseguiu contar para a mãe que tinha sido estuprada pelo padrasto. Estava grávida de cerca de 20 semanas", contou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Questionada sobre como é o atendimento psicológico dessas meninas, a psicóloga disse que "é sentar no chão e brincar com elas". "É ludoterapia, como se eu estivesse diante de outra criança com qualquer outra queixa. O trabalho da psicologia é acolher essas meninas, dar voz ao sentimento delas. São meninas que não entenderam o está acontecendo, que foram estupradas. Tem toda a questão da vulnerabilidade delas".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem pelo menos quatro denúncias contra a juíza de Santa Catarina. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email