Tá nos trends

Após caso de trainee da Magalu, Casas Bahia dá tons negros a novo mascote

O antigo Bahianinho, agora conhecido como "CB", surge nas campanhas da Casas Bahia com o objetivo de atuar "como mais um ponto de humanização no relacionamento com o cliente e em diferentes temas", diz o CEO da Via Varejo

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após toda a repercussão do lançamento do programa de trainne excluviso para negros da Magazine Luiza, a Casas Bahia lançou seu novo mascote nesta sexta-feira (16) com tons negros.

O antigo Bahianinho, agora conhecido como "CB", é jovem e falará com uma linguagem leve, animada e expressiva.

“Para mostrar como o Bahianinho cresceu e se tornou o CB, criamos uma história em que o personagem antigo se depara com todas as mudanças que estão acontecendo com a marca e percebe que precisa evoluir pra fazer parte dessa transformação. Além dos filmes também planejamos uma série de conteúdos onde vamos mostrar a jornada do CB pelo Brasil se encontrando com várias personagens que vão ajudá-lo na missão de se tornar um influencer digital que conhece de perto o Brasil e o Brasileiro”, diz Cristian Santoro, ECD da Y&R, agência desenvolvedora do CB.

O CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer, afirma que “a nova fase da marca exige um porta-voz que personifique esses valores e essa personalidade. Transformar o Bahianinho no jovem CB permitirá que ele se comunique com os clientes e que também atue como mais um ponto de humanização no relacionamento com o cliente e em diferentes temas como a tecnologia e a sustentabilidade. Frentes que também dão a tônica na transformação em andamento na companhia desde o ano passado”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247