Tá nos trends

Nonsense: bolsonaristas atacam Cabrini após entrevista com Sérgio Reis e chamam Record de "esquerdista"

Jornalista virou alvo dos bolsonaristas após entrevistar o cantor Sérgio Reis, que disparou ataques contra o STF e prometeu dar um golpe de estado no país no dia 7 de setembro

www.brasil247.com - Cabrini e Sérgio Reis
Cabrini e Sérgio Reis (Foto: Reproduçao/Youtube)


247 - O jornalista Roberto Cabrini virou alvo dos bolsonaristas na manhã desta segunda-feira (23) na rede social Twitter, após entrevistar o cantor Sérgio Reis, que prometeu dar um golpe de estado no país no dia 7 de setembro e virou alvo de diversas críticas, incluindo de artistas que não irão mais participar de parcerias com o cantor.  A entrevista gerou a fúria dos bolsonaristas, que acusam Cabrini de manipular a edição para criminalizar o artista.

"Fui massacrado esses dias, nunca me telefonaram tanto na minha vida. Não estava bem física e emocionalmente para dar entrevista, porque estou triste", afirmou Sérgio em um trecho da entrevista que foi ao ar na Record na noite deste domingo (21). 

Bolsonaristas dizem que a emissora Record, um dos principais grupos de comunicação que defendem o bolsonarismo, virou uma nova Rede Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja: 

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email