CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Leonardo Attuch avatar

Leonardo Attuch

Leonardo Attuch é jornalista e editor-responsável pelo 247.

416 artigos

blog

A Folha está à procura de um "bolsonarista minimamente civilizado"

Quem encontrar este espécime pode enviá-lo num pacote à Alameda Barão de Limeira, escreve Leonardo Attuch, que diz ainda que o jornal já apoia Tarcisio

Rui Costa, Tarcísio de Freitas e Lula (Foto: Ricardo Stuckert/PR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O jornalista Fernando Canzian, um dos quadros mais orgânicos da Folha de S. Paulo, publicou uma espécie de classificado político nas páginas do jornal, nesta terça-feira 2. No texto Lula por um triz, ele expressou o pensamento da direção da Folha e de um setor da classe dominante brasileira que é mais conectado aos interesses do capital financeiro parasitário. Segundo ele, "não é improvável que mais da metade do país só esteja à espera de um bolsonarista minimamente civilizado" para descartar o presidente Lula.

Lula, como todos sabem, foi eleito por uma frente ampla que atraiu setores da classe dominante que já estavam cansados da fuleragem bolsonarista. Pegava mal, nos salões daqui e de fora, ser representado pelo ogro miliciano que presidiu o Brasil entre 2019 e 2022. Com a volta do PT ao poder, esses mesmos setores vêm tentando enquadrar o presidente Lula dentro do receituário neoliberal.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mas Lula é tinhoso. Já reviu a política de preços e dividendos da Petrobras, valorizou novamente o salário mínimo, retomou grandes projetos de infraestrutura e abandonou a ideia de estado mínimo que prevaleceu no Brasil durante a triste era Temer-Bolsonaro.

O Brasil agradece. O crescimento de 2023 foi seis vezes maior do que se previa. O de 2024 também ficará bem acima das previsões. Mas há quem não goste de uma prosperidade melhor distribuída. Estes, de fato, estão de saco cheio e, como diz o colunista da Folha, à procura de um "bolsonarista minimamente civilizado".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ponto é que os adjetivos bolsonarista e civilizado não cabem na mesma frase. Nem mesmo com a ressalva do advérbio minimamente. Aliás, se alguém encontrar este espécime pode embalá-lo e enviá-lo num pacote à Alameda Barão de Limeira, na sede da Folha de S. Paulo, aos cuidados de Fernando Canzian.

Na real mesmo, o que a Folha está fazendo no dia de hoje é antecipar seu apoio ao governador Tarcisio de Freitas, que ontem encerrou a Operação Verão, deixando 56 mortos na Baixada Santista. Ao mesmo tempo em que comanda uma Polícia Militar que assassina os mais pobres, Tarcisio premia os mais ricos e prepara um plano de privatizações que começará pela Sabesp, entregando o patrimônio paulista ao capital financeiro local e internacional. Tarcisio é a cara do "bolsonarismo minimamente civilizado", mas há controvérsias se ele, de fato, representa a civilização, especialmente depois que decidiu ser papagaio de pirata do genocida Benjamin Netanyahu.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em tempo: Lula não está por um triz e será reeleito em 2026.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO