CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Apenas Adélio esteve envolvido no evento de Juiz de Fora contra Bolsonaro, conclui a PF

"Houve apenas um responsável, já condenado e preso. A Polícia Federal manifestou-se pelo arquivamento do Inquérito Policial", diz a corporação, em nota

Imagem Thumbnail
Jair Bolsonaro e Adélio Bispo (Foto: Reprodução | Ricardo Moraes/Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (11) mais uma operação relacionada ao caso Adélio Bispo, autor do evento de Juiz de Fora contra Jair Bolsonaro (PL) em 2018. Segundo a Folha de S. Paulo, o diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, disse a jornalistas que a operação desta manhã encerra o caso de Adélio e mira um advogado que teria relações com o crime organizado. No entanto, este fato não estaria diretamente relacionado ao evento de Juiz de Fora. "O advogado é ligado ao crime organizado. Mas [não há] nenhuma vinculação desse advogado com a tentativa de assassinato do ex-presidente. Nós informamos ao Judiciário, sugerindo o arquivamento dessa parte do inquérito", disse Andrei.

A Polícia Federal divulgou nota anunciando o fim das investigações: "Adélio agiu sozinho", disse Rodrigues.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Nota da Polícia Federal - Após retomada de investigações para identificar possíveis envolvidos no atentado contra o então candidato à Presidência da República Jair Messias Bolsonaro em 2018, a Polícia Federal concluiu que houve apenas um responsável pelo ataque, já condenado e preso.

Durante as diligências, foram cumpridos mandados de busca e apreensão para nova análise de equipamentos eletrônicos e documentos. Outros possíveis delitos foram descobertos, relacionados a um dos advogados de defesa do envolvido no ataque, mas sem qualquer ligação com os fatos investigados.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Por conseguinte, o relatório final foi apresentado, atendendo a novas solicitações do Ministério Público Federal, e agora aguarda a manifestação do Juízo. A Polícia Federal manifestou-se pelo arquivamento do Inquérito Policial.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO