Após tensão, Bolsonaro nega conflito e diz que China precisa muito mais do Brasil

"Não tem problema nenhum com a China. Nós precisamos da China e a China precisa muito mais de nós. Eles tem 1,4 bilhão para alimentar, tem se tornado mais urbana que rural, compram muitas commodities”, ressaltou Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após nova tensão entre o governo e a China durante a semana, Jair Bolsonaro disse que o país precisa muito mais do Brasil do que o inverso. O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho de Jair, o Ministério da Relações Exteriores e vice-presidente, general Hamilton Mourão, entraram em confronto com os chineses sobre o assunto do 5G.

Bolsonaro, porém, ressaltou que "não tem problema nenhum com a China. Nós precisamos da China e a China precisa muito mais de nós. Eles tem 1,4 bilhão para alimentar, tem se tornado mais urbana que rural, compram muitas commodities. O chinês está consumindo cada vez mais proteína e todo mundo quer o bem do seu povo e nós queremos do nosso".

A declaração ocorreu após Bolsonaro ir votar no segundo turno das eleições municipais do Rio de Janeiro, quando ele afirmou ter votado em Marcelo Crivella (Republicanos), defendeu a volta do voto impresso e negou que haja uma segunda onda de Covid-19 no país.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247