Cai Filipe Martins, assessor de Bolsonaro que fez gesto supremacista no Senado, diz site

A informação foi divulgada pelo site Revista Poder, da jornalista Joyce Pascowitch. Conhecido como "Sorocabannon", o olavista Filipe Martins prestou depoimento nessa quinta-feira (8) à Polícia Legislativa sobre o gesto associado à extrema-direita dos EUA

www.brasil247.com - Filipe Martins, assessor para assuntos internacionais da presidência da República
Filipe Martins, assessor para assuntos internacionais da presidência da República (Foto: Reprodução (TV Senado))


247 - O olavista Filipe Martins, assessor especial de Jair Bolsonaro foi demitido do cargo. A informação foi publicada na manhã desta sexta-feira (9) no site Revista Poder, editado pela jornalista Joyce Pascowitch. 

Integrante da ala mais radical do bolsonarismo e um dos formuladores da política de relações internacionais que resultou em desastre à imagem do Brasil, Filipe Martins foi flagrado fazendo gesto associado à extrema-direita durante audiência do Senado.

"Do jeito mais discreto possível, Bolsonaro autorizou ontem a demissão do assessor especial, que, ao que tudo indica, aconteceu por pressão dos senadores, que não parecem ter perdoado o gesto de Martins durante audiência com o ex-ministro Ernesto Araújo na sessão do Senado de 24 de março. A exoneração ainda não foi publicada no Diário Oficial da União, mas PODER Online ouviu fontes que confirmam a decisão", diz o site. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saída de Filipe Martins ocorre um dia após ele prestar depoimento à Polícia Legislativa do Senado no âmbito da investigação que pesa contra ele pelo gesto supremacista. A expectativa é que o olavista seja indiciado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A investigação por parte da Polícia Legislativa foi determinada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no mesmo dia em que Martins fez o gesto. O assessor ainda é alvo de pedido de investigação por parte da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email