Compra de 35 mil comprimidos de Viagra pelas Forças Armadas revolta políticos e internautas

As Forças Armadas compraram 35 mil unidades de viagra e empenhou R$ 2,1 mil para a compra de Minoxidil e Finasterida, os dois principais meios de combater a calvície masculina

(Foto: ABr)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A compra pelas Forças Armadas de 35 mil unidades de viagra e remédios para a calvície masculina causou revolta nas redes sociais. Segundo a Marinha e a Aeronáutica, a compra de viagra visa o tratamento de pacientes com Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP), "uma doença grave e progressiva que pode levar à morte”.  

Políticos e internautas fizeram piada do caso e lembraram que sob o governo Jair Bolsonaro (PL), as Forças Armadas têm o histórico de compras suspeitas, como picanha e filé mignon.

continua após o anúncio

Veja repercussões:

 

continua após o anúncio

 

 

continua após o anúncio

 

 

continua após o anúncio

 

 

continua após o anúncio

 

 

continua após o anúncio

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247