Eduardo Bolsonaro encontra nos EUA empresário que defende golpe de Trump

Empresário Michael Lindell, com quem Eduardo Bolsonaro de reuniu, afirmou que as eleições dos Estados Unidos foram fraudadas contra Donald Trump

Eduardo Bolsonaro e Michael Lindell
Eduardo Bolsonaro e Michael Lindell (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em viagem a Washington, capital dos Estados Unidos que viveu um clima de guerra civil nesta quarta-feira, 6, o deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou uma foto com um empresário republicano que defende o golpe de Donald Trump.

"Prazer em conhecer Michael Lindell, ex-drogado e hoje empresário de sucesso nos EUA", escreveu Eduardo em foto.

Lindell defendeu o golpe de Trump, que estimulou seus apoiadores a invadirem o Capitólio, sede do Legislativo dos EUA, para impedir a certificação da vitória de Joe Biden nas eleições norte-americanas de 2020.

Ele publicou um vídeo apoiando a invasão ao Congresso e a tese de Trump de que a eleição foi fraudada a favor de Biden.

"O tumulto que vocês viram na TV é uma piada. Minhas sobrinhas estavam lá e disseram que 99,99% foi só um protesto pacífico. Algumas pessoas podem ter invadido, parecem ter invadido mais cedo, e por tudo que sabemos isso pode ter sido plantado", disse.

"Há tanta fraude. É a maior corrupção eleitoral na história. Trump vai ser nosso presidente pelos próximos quatro anos. Estou 100% certo disso", continuou.

Além do empresário, nos últimos dias, Eduardo Bolsonaro, sua mulher, Heloísa, e sua filha foram recebidos por Ivanka Trump, filha de Donald Trump.

O pai de Eduardo, Jair Bolsonaro, também defendeu o golpe de Trump.

“Eu acompanhei tudo. Você sabe que eu sou ligado ao Trump. Você sabe da minha resposta. Agora muita denúncia de fraude, muita denúncia de fraude. Eu falei isso um tempo atrás, a imprensa falou: ‘Sem provas o presidente Bolsonaro, falou que foram fraudadas as eleições americanas’. A minha foi fraudada. Eu tenho indício de fraude, era para eu ter ganhado no primeiro turno”, afirmou Bolsonaro mais cedo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email