HOME > Brasil

Governo Bolsonaro oficializa indicação de Weintraub para o Banco Mundial

O ex-ministro da Educação pediu demissão nesta quinta-feira. A pior gestão do MEC foi marcada por controvérsias e chegou ao limite após Weintraub chamar ministros do STF de "vagabundos"

(Foto: Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O governo Jair Bolsonaro oficializou nesta quinta-feira, 18, a indicação de Abraham Weintraub para diretor executivo do Banco Mundial. 

A informação foi divulgada pelo Ministério da Economia, no mesmo dia em que Weintraub anunciou sua demissão do Ministério da Educação

Em nota, a pasta comunicou que o ex-ministro da Educação foi indicado para a cadeira na diretoria liderada pelo Brasil que representa Colômbia, Equador, Trinidad e Tobago, Filipinas, Suriname, Haiti, República Dominicana e Panamá.

Na indicação, o governo brasileiro destaca a experiência profissional de Weintraub. “Com mais de 20 anos de atuação como executivo no mercado financeiro, Weintraub foi economista-chefe e diretor do Banco Votorantim, além de CEO da Votorantim Corretora no Brasil e da Votorantim Securities no Estados Unidos e na Inglaterra”, afirma o texto.

Sobre a participação de Weintraub no Banco Votorantim, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o banco quebrou em 2009 e que Weintraub era o economista responsável. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: