Lula: brasileiros são vítimas de um presidente que se acha médico

O ex-presidente Lula condenou nesta quinta-feira a cruzada de Jair Bolsonaro, que tem prescrito cloroquina para a cura do coronavírus: “Os brasileiros são vítimas de um presidente que se acha médico e agora deu pra receitar remédio."

Lula e Jair Bolsonaro mostrando caixa de cloroquina
Lula e Jair Bolsonaro mostrando caixa de cloroquina (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula condenou nesta quinta-feira (23), em entrevista concedida à Rádio Itatiaia, a cruzada feita por Jair Bolsonaro e sua insistente propaganda em defesa de medicação cloroquina, que não possui eficácia médica comprovada no combate ao novo coronavírus. 

“Os brasileiros são vítimas de um presidente que se acha médico e agora deu pra receitar remédio. As duas principais agências de saúde dos EUA descartaram o efeito da cloroquina e por isso o Trump doou 3 milhões de doses para o Brasil. Agora os estados sofrem pressão pra usar”, declarou Lula. 

O ex-presidente também afirmou durante a entrevista que a "verdade é que a forma que o Trump encontrou de jogar a cloroquina dele fora foi mandando pro Bolsonaro usar. E ele segue defendendo o uso contra todas as orientações médicas". 

"É por essas e outras que defendo o Fora Bolsonaro", acrescentou. 

Garoto-propaganda 

Além de aceitar a doação da cloroquina dos EUA, Bolsonaro também investe dinheiro público na produção do medicamento. O laboratório do Exército brasileiro já produziu, até o presente momento, 3 milhões de comprimidos de cloroquina 150 mg. 

Segundo o Sindusfarma, o consumo de cloroquina cresceu 358% no Brasil desde o início da pandemia. Além da produção do medicamento realizada pelo Exército, laboratórios que produzem o medicamento no país pertencem a amigos de Jair Bolsonaro, que se tornou uma espécie de garoto propaganda da substância. 

Veja: 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247