Michelle Bolsonaro compartilha ataque a Lula e religiões africanas: "entregou a alma para vencer essa eleição" (vídeo)

Postagem preconceituosa vem na esteira do uso do Palácio do Planalto para a realização de cultos evangélicos e de declarações de que o local "já foi consagrado a demônios"

www.brasil247.com - Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR | Reprodução/Instagram)


247 - A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, usou as redes sociais para compartilhar um vídeo atacando o ex-presidente Lula (PT), que lidera a disputa presidencial, e as religiões de matriz africana. No vídeo, que afirma que Lula "entregou sua alma para vencer essa eleição", Michelle diz: “isso pode, né! Eu falar de Deus, não”. 

A primeira-dama vem sendo alvo de críticas por ter promovido cultos e vigílias religiosas no Palácio do Planalto, além de já ter dito que o local já foi “consagrado a demônios”. 

A afirmação de que Lula teria "entregue a alma" foi feita pela vereadora paulistana Sonaira Fernandes (Republicanos), e repostada por Michelle.

>>> Michelle Bolsonaro diz durante culto em BH que Planalto já foi “consagrado a demônios” (vídeo)

Ao usar o vídeo para atacar Lula, a parlamentar disse não lutar “contra a carne nem o sangue, mas contra os principados e potestades das trevas". "O cristão tem que ter a coragem de falar de política hoje, para não ser proibido de falar de Jesus amanhã", completou. 

O vídeo utilizado por Sonaira e repostado por Michelle já foi alvo de uma representação da Coalizão Negra por Direitos, que apontou a existência e  promoção de discurso de ódio contra as religiões de matriz africana. 

>>> Michelle Bolsonaro leva evangélicos para orar de madrugada dentro do Palácio do Planalto

Na ocasião, o grupo destacou que as associações do gênero possuem cunho racistas, extrapolam o limite da liberdade de expressão e visam causar indignação e ódio.

Veja a postagem de Michelle Bolsonaro para atacar Lula e as religiões de matriz africana. 


print

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email