CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Ministros do governo Bolsonaro esbanjam dinheiro público em passeio inútil em Dubai

Ministros fizeram questão de postar fotos de passeios em Dubai, em mais um escárnio com dinheiro público

(Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Jair Bolsonaro desembarcou às 6h30 deste sábado (13) em Dubai, nos Emirados Árabes, para fazer mais uma farra com dinheiro público. "Agora, pouso em Dubai. Bom dia a todos. Fuso: + 7 horas", anunciou Bolsonaro.

É a terceira excursão do governo à cidade turística em menos de dois meses. Fazem parte da comitiva Michelle Bolsonaro, primeira-dama, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Viajaram a Dubai os ministros Paulo Guedes (Economia), Braga Netto (Defesa), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Carlos França (Relações Exteriores) e os secretários Flávio Rocha (Assuntos Estratégicos) e Mário Frias (Cultura).

Bolsonaro também levou os amigos Hélio Lopes (PSL-RJ) e Magno Malta, ex-senador, que não ocupa cargo no governo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Farra com dinheiro público

No início de outubro, Eduardo Bolsonaro levou a esposa, Heloísa Bolsonaro, que publicou uma no stories no Instagram ostentando a viagem (veja na imagem abaixo). O governo enviou uma comitiva com 69 pessoas para participar da Expo Dubai, com custo previsto de R$ 3,6 milhões em traslados e diárias. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
postagem-instagram
Instagram (Reprodução)

O vice-presidente Hamilton Mourão também usou a participação na ExpoDubai para justificar gastos no exterior. Foi um custo de R$ 1,15 milhão na viagem por três locais - Dubai, Cairo, capital do Egito, e Atenas, na Grécia - entre o final de setembro ao dia 7 de outubro.

De acordo com números de pagamentos e execução contratual do Palácio do Planalto, a presidência da República gastou 17 vezes mais com propaganda no exterior nos dois anos do governo Bolsonaro em comparação com a gestões que o antecederam na última década. Foram pagos R$ 27,7 milhões, em 2020, e R$ 11,7 milhões, em 2019.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO