Moro cogita se candidatar em 2022 e inicia conversa com o Podemos

Ex-juiz da Lava Jato se reuniu com a presidente do Podemos, Renata Abreu, em Brasília, e com o senador Álvaro Dias, no Paraná, e ficou de dar uma palavra final até novembro sobre a possibilidade de se candidatar

Sérgio Moro
Sérgio Moro (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A direita liberal busca um candidato para chamar de "seu" e Sergio Moro estaria considerando a possibilidade de sair candidato em 2022. O ex-juiz, que foi considerado parcial pelo Supremo Tribunal Federal e teve suas sentenças contra o ex-presidente Lula anuladas pelo conluio com procuradores da Lava Jato, iniciou conversas com lideranças do Podemos na semana passada,em que foi discutida a possibilidade de concorrer à Presidência da República ou de tentar uma vaga no Senado por São Paulo ou Paraná. 

De acordo com reportagem do jornal O Globo, Moro ficou de dar uma resposta até novembro. Ele está morando nos Estados Unidos desde o final do ano passado, para trabalhar na consultoria Alvarez & Marsal, que é administradora judicial da Odebrecht, que entrou em recuperação judicial depois que foi investigada pela Operação Lava-Jato comandada por Moro.

O Ministério Público de São Paulo junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) pediu que a Justiça suspenda qualquer pagamento à empresa Alvarez & Marsal relativo à recuperação judicial da Odebrecht, até que o TCU avalie o papel do ex-juiz da Lava Jato na quebra daquela que já foi a maior empreiteira do País.

PUBLICIDADE

De acordo com uma fonte que conversou com Moro, o ex-juiz recentemente disse que o "cenário está mudando e uma candidatura parece mais provável". A possibilidade de candidatura teria sido motivada tanto pelos apelos que vêm recebendo como pela incerteza sobre a renovação de seu contrato com a Alvarez & Marsal.

"O ex-ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro veio ao Brasil na semana passada para visitar familiares. Durante o período no país, se reuniu com a presidente do Podemos, Renata Abreu, em Brasília, e com o senador Álvaro Dias, no Paraná. Nas conversas, Moro ficou de dar uma palavra final sobre o seu futuro até novembro", destaca a reportagem.

PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email