Roberto Jefferson é o novo aliado do bolsonarismo na luta contra Maia e a direita tradicional

Isolado, Jair Bolsonaro decidiu recorrer ao centrão e à escória política para tentar resistir; seu novo aliado é Roberto Jefferson, símbolo da “velha política”, que vai anunciar neste domingo um suposto plano de Maia, Alcolumbre, Doria, PT e STF para derrubar Bolsonaro

Jair Bolsonaro, Roberto Jefferson e Rodrigo Maia
Jair Bolsonaro, Roberto Jefferson e Rodrigo Maia (Foto: Reuters | Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, usou as redes sociais para anunciar que irá realizar, neste domingo (19), uma live para denunciar uma suposta “trama urdida” pelos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), respectivamente, além do Supremo Tribunal Federal (STF), PT e TV Globo, visando o impeachment de Jair Bolsonaro. Jefferson é um dos líderes do chamado “centrão”, bloco do qual Bolsonaro vem tentando se aproximar para romper o isolamento e angariar apoio político no Congresso.

“Amanhã, domingo, estarei numa live, às 20 horas, com o jornalista Oswaldo Eustáquio. Conversaremos sobre política, em especial, a trama urdida por Maia, Alcolumbre, STF do PT, Dória, Witzel e a Globo, para o impeachment de Bolsonaro. É a turma do Brasil abaixo de tudo”, postou Jefferson em sua conta no Twitter.

A live para denunciar a suposta trama contará com a participação do youtuber bolsonarista Oswaldo Eustáquio, que atacou a mãe do diretor do The Intercept Brasil, Glenn Greenwald. Em agosto do ano passado, Eustáquio afirmou que Greenwald "mentiu sobre estado de saúde da mãe para conseguir vistos de emergência”. 

Em outro Twitter, Roberto Jefferson disse que Maia e Alcolumbre “querem embretar Bolsonaro. O impeachment é um golpe alternativo se falhar o golpe real, que está sendo posto em prática: PARLAMENTARISMO JÁ. Por isso a campanha difamatória contra o presidente, com apoio da Globo, que ele é irresponsável e incompetente”, postou. 

Confira as postagens de Roberto Jefferson sobre o assunto.

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247