Santander demite 433 funcionários desde junho, com média de 20 desligamentos por dia

O Santander Brasil assinou um compromisso público, afirmando que não demitiria empregados enquanto durasse a crise do novo coronavírus

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Santander Brasil demitiu 20 pessoas por dia útil, em média, desde a primeira semana do mês de junho. O último levantamento, realizado pelos sindicatos do país na sexta-feira (3), apontou que o banco já demitiu pelo menos 433 funcionários. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. O grupo bancário assinou um compromisso público, afirmando que não desligaria empregados enquanto durasse a crise do novo coronavírus.

As demissões acontecem em diversos estados brasileiros, promovidas apenas pelo Santander entre os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa e Itaú). Através de assessores, o grupo bancário disse que não vai comentar as demissões nem abrir o número exato de desligamentos feitos desde o início do mês de junho.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email