CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

TSE e Câmara também foram alvos da invasão ao Siafi

As investigações preliminares apontam que os criminosos conseguiram desviar R$ 3,5 milhões dos cofres da União

Tribunal Superior Eleitoral (Foto: Marcello Casal Jr./Ag. Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Câmara dos Deputados também foram alvos do esquema de invasão que atingiu o Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), responsável por executar os pagamentos do governo federal. Segundo uma reportagem publicada pelo Valor Econômico nesta quarta-feira (24), a informação inicial indicava que apenas órgãos do Poder Executivo haviam sido afetados. 

As investigações preliminares apontam que os invasores conseguiram desviar R$ 3,5 milhões dos cofres da União. Eles ainda tentaram movimentar ao menos R$ 9 milhões pertencentes ao Ministério da Gestão e Inovação. Para acessar o Siafi, os criminosos usaram o CPF e a senha do gov.br de gestores que tinham autorização para operar a plataforma de pagamentos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Polícia Federal apura o caso com o apoio da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Devido à complexidade do sistema e à necessidade de conhecimento prévio para utilizar a ferramenta, a PF não descarta a possibilidade de envolvimento de servidores no esquema.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO