Brasil

Villas Bôas volta a falar em golpe: "nossa força, em algum momento, pode ser instada a agir"

Autor do tweet que pressionou o STF a prender Lula voltou a fazer insinuações golpistas

Imagem Thumbnail
(Brasília - DF, 13/12/2018) Palavras do Comandante do Exército, General-de-Exército Eduardo Villas Bôas. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O general Eduardo Villas Boas, ex-assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Bolsonaro, voltou a fazer insinuações de caráter golpista

Em post nas redes sociais nesta terça-feira (29), Villas Boas, que em 2018 pressionou o Supremo Tribunal Federal pela prisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, saiu em defesa de generais aliados.

"Nossa força, em algum momento pode ser instada a agir. Vamos, portanto, assegurar a tranquilidade necessária para a tomada de decisões por parte de nossos chefes", disse Villas Boas. Leia abaixo. 

>>> Militar do GSI ameaça matar eleitores de Lula e diz que presidente eleito não tomará posse

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO