Mundo ultrapassa 25 milhões de casos da Covid-19, aponta Universidade Johns Hopkins

Cerca de 25.009.250 pessoas foram infectadas com a Covid-19 e 842.702 morreram por causa da doença no mundo. O Brasil e os Estados Unidos juntos são responsáveis por quatro em cada dez casos

(Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – No mundo, mais de 25 milhões de casos da Covid-19 foram registrados oficialmente, de acordo com levantamento da Universidade Johns Hopkins até a madrugada deste domingo (30). A reportagem é do portal G1.

Ao todo, 25.009.250 pessoas foram infectadas com a Covid-19 e cerca de 842.702 morreram por causa da doença.

Na contagem, o número oficial de infectados com a Covid-19 ao redor do mundo agora supera em cinco vezes o total de casos graves de influenza registrados anualmente, aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os números de Brasil e Estados Unidos somados são responsáveis por quatro em cada dez casos no mundo. 

Os Estados Unidos aparecem na primeira colocação, com 5.961.582 infectados com a Covid-19, seguido por Brasil (3.846.153), Índia (3.542.733), Rússia (982.573) e Peru (639.435), acrescenta a reportagem. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247