Cultura

Grandes artistas e intelectuais querem rompimento definitivo das relações entre Brasil e Israel

Entre os nomes que assinam a petição, destacam-se nomes como Chico Buarque, Gilberto Gil e Wagner Moura, entre outros

Imagem Thumbnail
(Foto: Ricardo Stuckert)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Um grupo de renomados artistas e intelectuais, incluindo membros da comunidade judaica, enviou uma carta ao presidente Lula (PT), solicitando a ruptura das relações diplomáticas do Brasil com Israel. Eles argumentam que tal medida, sob a liderança de Lula, poderia ajudar a acabar com a "carnificina intolerável" na Faixa de Gaza.No documento, divulgado pela coluna da jornalista Mônica Bergamo, os signatários destacam que "O Brasil tem defendido repetidamente um cessar-fogo na Faixa de Gaza e a solução de dois Estados conforme resoluções internacionais". Entretanto, eles sublinham que a intensificação da violência por parte do governo Netanyahu, com ataques cruéis e desumanos contra civis, requer uma ação mais contundente do que meras propostas diplomáticas. "Diversos países da União Europeia e outras regiões já estão debatendo medidas mais firmes", afirmam. Eles também mencionam os recentes ataques de Israel a um acampamento de deslocados em Rafah, no sul de Gaza, onde "dezenas de inocentes foram assassinados, evidenciando um desprezo inaceitável pela ética humanitária".

A carta é assinada por personalidades como Chico Buarque, Gilberto Gil, Wagner Moura e Emicida; escritores e intelectuais como Milton Hatoum, Raduan Nassar e Jessé Souza; advogados e juristas como Pedro Serrano, Juarez Tavares e Carol Proner; e ex-ministros como Luiz Carlos Bresser-Pereira, Paulo Sérgio Pinheiro, Eleonora Menicucci, José Dirceu e Eugênio Aragão. Judeus proeminentes como Anita Leocádia, o jornalista Breno Altman e o professor Bruno Huberman também endossam o manifesto.

Leia, abaixo, a íntegra do documento:

Carta aberta ao presidente Lula sobre o genocídio do povo palestino

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Estimado presidente Lula,

Primeiramente, gostaríamos de saudá-lo por sua postura sempre firme e coerente em solidariedade ao povo palestino, denunciando constantemente o genocídio do qual são vítimas, especialmente mulheres e crianças.

O Brasil tem apresentado várias propostas para o cessar-fogo na Faixa de Gaza e para a solução de dois Estados conforme resoluções internacionais. Graças ao seu governo, somos uma das nações que reconhecem, no âmbito das Nações Unidas, a soberania e a independência da Palestina.

No entanto, a crescente violência imposta pelo governo Netanyahu, com ataques desumanos e cruéis contra civis, exige que o mundo vá além de gestos e propostas diplomáticas, como já discutem diversos países da União Europeia e outras regiões. O governo Netanyahu viola abertamente deliberações da Corte Internacional de Justiça, desrespeitando o Conselho de Segurança e a Assembleia Geral da ONU. Recentes ataques contra um acampamento de deslocados em Rafah, no sul de Gaza, com dezenas de inocentes assassinados, mostram um claro e inaceitável desprezo pela ética humanitária.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Estamos convencidos, querido presidente, que é hora de nosso país se unir às demais nações que romperam relações diplomáticas e comerciais com o Estado de Israel, exigindo o cumprimento das decisões que ponham fim ao genocídio e garantam a autodeterminação do povo palestino. Essas medidas, adotadas por nosso país sob sua liderança, certamente serviriam de exemplo a outros governos e seriam uma imensa contribuição para que se encerre essa carnificina intolerável.

Amanda Harumy

Anita Leocadia Prestes

Antônio Carlos de Almeida Castro

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Arlene Clemesha

Berenice Bento

Breno Altman

Bruno Huberman

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carol Proner

Cézar Brito

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Chico Buarque

Eleonora Menicucci de Oliveira

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Emicida

Eugênio Aragão

Francirosy Campos Barbosa

Gilberto Gil

Heloísa Vilela

Jamal Suleiman

Jessé Souza

João Pedro Stédile

Jones Manoel

José de Abreu

José Dirceu

José Genoíno

Juliana Neuenschwander

Juarez Tavares

Kenarik Boujikian

Larissa Ramina

Luiz Carlos Bresser-Pereira

Luiz Carlos da Rocha

Manoel Caetano Ferreira Filho

Manuella Mirella

Margarida Lacombe

Marly Vianna

Milton Hatoum

Nathalia Urban

Ney Strozake

Paulo Borba Casella

Paulo Nogueira Batista Jr.

Paulo Sérgio Pinheiro

Paulo Vannuchi

Pedro Serrano

Reginaldo Nasser

Salem Nasser

Ualid Rabah

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO