BNDES cobra explicações à Ford, que tem R$ 335 milhões em empréstimos com o banco

Os contratos com a empresa norte-americana foram assinados com o objetivo de realizar projetos destinados ao desenvolvimento de novos produtos da montadora para o Brasil. Cláusulas preveem a manutenção do emprego durante a implementação desses projetos

(Foto: AMANDA PEROBELLI/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pediu explicações à Ford, que anunciou o fim da produção no Brasil na segunda-feira, 11. 

Segundo reportagem do UOL, atualmente há dois contratos de empréstimo entre a Ford e o banco, no valor de R$ 335 milhões. Soma-se a isso mais 30 contratos de financiamentos indiretos.

O banco informou que os contratos com a empresa norte-americana foram assinados em 2014 e 2017, com o objetivo de realizar projetos destinados ao desenvolvimento de novos produtos da montadora para o Brasil. Cláusulas preveem a manutenção do emprego durante a implementação desses projetos.

O BNDES também afirmou que os empréstimos já passaram da metade do prazo total e os pagamentos estão em dia.

Já os financiamentos indiretos - que somam R$ 54,2 milhões - foram feitos por agentes credenciados que são responsáveis pela análise cadastral e de crédito dos clientes, assumindo o risco das operações financeiras perante o BNDES.

O banco disse aguardar as respostas para avaliar os impactos da decisão da Ford sobre os empréstimos ainda vigentes.

A empresa norte-americana, que recebeu R$ 20 bilhões em incentivos fiscais desde 1999, anunciou o fechamento das fábricas em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE).

No país, serão mantidas apenas as operações do Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí, no interior de São Paulo, além da sede regional localizada na capital.

Os veículos da marca vendidos no Brasil de agora em diante serão importados da Argentina, Uruguai, e de outras regiões fora da América do Sul. Assim que os estoques forem esgotados, não serão mais comercializados a EcoSport, Ka e Troller T4.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email