Casagrande defende Raí, que pediu renúncia de Bolsonaro: ‘ninguém pode querer censurar a fala do outro’

Casagrande ainda disse que Raí “representou com orgulho o seu irmão, Sócrates (Magrão) e não tenho dúvidas de que ele falaria as mesmas coisas”

Casagrande e Raí
Casagrande e Raí (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-jogador e comentarista esportivo da Globo, Walter Casagrande saiu em defesa do também ex-jogador e dirigente do São Paulo Futebol Clube, Raí, que sugeriu a renúncia de Jair Bolsonaro e disse ser “irresponsável defender a volta do futebol neste momento, durante a pandemia do coronavírus.

Casagrande disse que pensa “exatamente como o Raí” e que também é contra a volta do futebol. ”Todos os dias, as mortes aumentam no país. É um absurdo pensar nisso. Já falei diversas vezes sobre esse assunto. Numa democracia, todas as pessoas podem e devem expressar suas opiniões sobre qualquer assunto, independentemente da sua profissão", afirmou.

Por outro lado, a fala de Raí foi criticada pelo ex-jogador e comentarista bolsonarista Caio Ribeiro, que disse não ter gostado de sua fala, “porque ele falou muito pouco de esporte e falou muito sobre política”. “Eu acho que ele tem que falar de esporte. Na hora que ele fala de renúncia, dos hospitais públicos e tudo isso, me parece que ele tem conotações políticas em relação a preferências”, acrescentou Caio.

Casagrande, entretanto, disse que “Ninguém pode querer censurar a fala do outro e determinar qual o assunto que se pode falar. Isso, no meu entender, é antidemocrático”. “Enfim, o Raí representou com orgulho o seu irmão, Sócrates (Magrão) e não tenho dúvidas de que ele falaria as mesmas coisas. Cobra-se muito, das pessoas do futebol, a falta de participação e de opinião. O Raí é um dos poucos que se posicionou. Parabéns, Raí! Você seria um grande companheiro na Democracia Corinthiana. Antes de qualquer polêmica, deveríamos nos unir e ser mais solidários, nesse momento tão crítico pelo qual passa a humanidade”, finalizou em postagem no seu Instagram.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247