“Bolsonaro faz bullying com o Brasil”, diz Aroeira

O cartunista repercutiu na TV 247 o discurso de Bolsonaro no qual ele diz que o Brasil não pode ser um “país de maricas”, ao falar de mortes por Covid, e praticamente declara guerra aos EUA. “Pode uma coisa dessa ser planejada? Se é planejada, vai planejar mal assim lá na ‘PQP’”, disse. Assista

Renato Aroeira e Jair Bolsonaro
Renato Aroeira e Jair Bolsonaro (Foto: Ederson Casartelli/Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cartunista Renato Aroeira comentou na TV 247 o discurso no qual Jair Bolsonaro afirma que o Brasil não pode virar um “país de maricas”, ao se referir às mortes por Covid-19, e praticamente declara guerra contra os Estados Unidos. Aroeira questionou se todas as declarações absurdas de Bolsonaro são mesmo planejadas, como se teoriza, e disse que ele faz bullying contra os brasileiros.

“Pode uma coisa dessa ser planejada? Se é planejada, vai planejar mal assim lá na ‘PQP’. Pelo amor de Deus. Tudo, ele fala, ele abre a boca e imediatamente tem uma celeuma. Sinceramente, eu acho que isso é Bolsonaro sendo ele mesmo. Isso é o tio do pavê armado, cheio de munição, com um revólver na cintura e sentado no poder. Esse personagem folclórico não pode estar governando o Brasil. O País sofre bullying do Bolsonaro o dia inteiro. Eu sofria bullying, eu era um nerd, de óculos. É como se todos nós agora fôssemos nerds no pátio do colégio e o Bolsonaro e os filhos fazendo bullying com a gente”, disse.

Aroeira também se disse otimista com as eleições municipais deste ano, que podem indicar uma derrocada do bolsonarismo e um surgimento de uma nova era. “Eu esperava muito pouco dessas eleições e já espero alguma coisa. Para minha surpresa, a gente tem mais possibilidades do que eu imaginava. E há uma chance real de o Bolsonaro estar atingindo o limite permitido de estupidez”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247