Joice diz que Flavio Bolsonaro está com o “pé no xilindró”

Deputada dispara contra Eduardo Bolsonaro, quem chama de "inútil, imbecilizado e mau caráter" e diz que ele "tá nervoso". "Não é pra menos. Todos estão encrencados: Um irmão com o pé na xilindró, o outro...quase lá. O crime não compensa", disse

Joice Hasselmann
Joice Hasselmann (Foto: Lula Marques)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disparou contra seu desafeto político e também deputado Eduardo Bolsonaro e aproveitou para dizer que seu irmão mais velho, alvo de investigação do MP-RJ sobre o esquema da "rachadinha" está quase preso - ou seja, com o "pé no xilindró".

"O mentor do bando pago com dinheiro público para forjar dossiês, perseguir pessoas, espalhar notícias falsas que destroem vidas, carreiras, imagens tá nervoso! Não é pra menos. Todos estão encrencados: Um irmão com o pé na xilindró, o outro...quase lá. O crime não compensa", postou Joice no Twitter.

Em outro tuíte, ao rebater um meme publicado por Eduardo para lhe atacar, Joice escreveu: "Acompanho a política há 20 anos e nunca vi um deputado tão inútil, tão imbecilizado, tão mau caráter quanto o Eduardo Bolsonaro. Nunca conseguiu NADA com seus esforços. É um encostado que divide o tempo torrando grana pública em viagens pelo mundo e fazendo 'memes'. Moleque, cresce!".

Nesta quarta-feira, dia da operação que atingiu Flávio, o ex-assessor da família Fabrício Queiroz e familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro, Joice também tirou sarro de Flávio: “Só pra lembrar: as acusações sobre Flávio Bolsonaro não são da oposição, não são dos inimigos, não são da 'nova esquerda', não são dos 'isentões', não são dos que raciocinam além da subserviência, são do Ministério Público em atuação com a Polícia Federal…a lei é para todos!”.

E ironizou Carlos, ao resgatar uma postagem sua em que dizia que, se todos em volta de Lula eram corruptos, não teria como o ex-presidente ser "puro".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247