HOME > Mídia

Lideranças repudiam ofensiva de Israel em Rafah: 'o regime sionista é uma alcateia de lobos assassinos', diz Altman

O jornalista afirmou que, após novos ataques das forças israelenses, 'crianças palestinas foram soterradas sob escombros'

Breno Altman | Gaza (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reuters)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Lideranças e internautas demonstraram total repúdio aos ataques das forças de Israel na cidade de Rafah, Sul da Faixa de Gaza, onde ocorre o genocídio que vitimou cerca de 35 mil palestinos desde outubro do ano passado. 

"Crianças palestinas soterradas sob escombros depois de ataque israelense a Rafah. O regime sionista é uma alcatéia de lobos assassinos", afirmou o jornalista Breno Altman em uma de suas redes sociais. 

De acordo com o deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), é "desprezível e revoltante o descaso de Israel com a vida humana". "Ao atacar Rafah, Netanyahu mostra o criminoso que é! O Itamaraty classificou como 'descaso aos direitos humanos', mas as potências capitalistas e a extrema-direita em todo o mundo seguem apoiando o genocídio".

"Não é guerra, é genocídio", escreveu o perfil Palestina Hoy nas redes sociais. Outra internauta postou: "não fique calado pelo Rafah, tuite também. Não fique calado, grite pelas crianças de Gaza!".

Autoridades da África do Sul denunciaram o governo de Israel na Corte Internacional de Justiça pelo crime de genocídio. A CIJ apenas recomendou que as forças israelenses parassem com o massacre. 

Os bombardeios continuaram. Por consequência, aumentaram os protestos em nível global e a pressão de ativistas por um mandado de prisão contra o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados