Mundo

Espanha anuncia 'retirada definitiva' de sua embaixadora na Argentina

Tensão se deve ao fato do presidente argentino, o ultradireitista Javier Milei, se recusar a pedir desculpas por chamar a esposa do premiê espanhol, Pedro Sánchez, de "corrupta"

Milei | Pedro Sánchez (Foto: REUTERS/Agustin Marcarian | Geert Vanden Wijngaert/Pool via REUTERS)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Espanha decidiu retirar "definitivamente" sua embaixadora na Argentina, após o presidente de ultradireita, Javier Milei, não se retratar por chamar a esposa do premiê espanhol, Pedro Sánchez, de "corrupta".  A decisão foi anunciada pelo ministro das Relações Exteriores, José Manuel Albares, durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (21), após uma reunião do conselho de ministros. A embaixadora espanhola em Buenos Aires, María Jesús Alonso Martínez, havia sido chamada de volta a Madrid para consultas na noite do domingo (19). 

"Anuncio que retiramos a nossa embaixadora em Buenos Aires" e que ela "ficará definitivamente em Madri", portanto a "Argentina continuará sem embaixadora", declarou Albares, de acordo com a AFP. Ainda segundo o chanceler, “a atividade da embaixada continuará ao nível do encarregado de negócios”. 

O Ministério das Relações Exteriores da Espanha já havia emitido uma nota oficial condenando as declarações de Milei e exigindo um pedido de desculpas formal, o que não ocorreu.

O anúncio ocorre em meio a um crescente conflito diplomático entre os dois países, desencadeado por declarações do presidente argentino, Javier Milei. Milei se recusou a pedir desculpas depois de acusar a esposa do chefe do Executivo espanhol de ser "corrupta".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO