Futura embaixadora dos EUA diz que Brasil terá eleições livres, apesar de Bolsonaro

Indicada para ser a nova embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Elizabeth Bagley afirmou que o Brasil tem "instituições democráticas para realizar eleições livres e justas"

www.brasil247.com - Elizabeth Bagley
Elizabeth Bagley (Foto: Reprodução (Youtube))


247 - Indicada para ser a nova embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Elizabeth Bagley, 69 anos, afirmou nesta quarta-feira (18) que as eleições brasileiras serão livres. A declaração da embaixadora vem em um contexto de ameaças de golpe feitas por Jair Bolsonaro (PL), que também tem defendido a atuação das Forças Armadas na checagem do resultado do pleito de outubro.

"[O presidente Jair] Bolsonaro tem dito muitas coisas, mas o Brasil tem sido uma democracia, tem instituições democráticas, Judiciário e Legislativo independentes, liberdade de expressão. Eles têm todas as instituições democráticas para realizar eleições livres e justas", respondeu Bagley ao ser questionada sobre o tema durante a sabatina à qual foi submetida no Senado americano. O relato dela foi publicado pelo jornal Folha de S.Paulo.

Bolsonaro tem sinalizado que o sistema eleitoral brasileiro não é seguro, uma tentativa de justificar uma possível derrota na eleição e, em consequência, tentar um golpe. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na última sexta-feira (13), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu testes nas urnas e destacou que ninguém conseguiu alterar votos ou afetar apuração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente do TSE, Edson Fachin, disse nessa terça-feira (17) que o órgão pretende contar com uma centena de observadores internacionais para o acompanhamento das eleições de outubro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo Joe Biden recebeu, em abril, um dossiê alertando para os ataques ao sistema eleitoral brasileiro. "Seus constantes ataques (de Bolsonaro) às eleições devem levar governos internacionais a apoiar a democracia brasileira", afirmou o relatório entregue a políticos americanos.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email