Mais uma estátua de Cristóvão Colombo é demolida nos Estados Unidos (Vídeo)

Estátua de Cristóvão Colombo, na cidade de Baltimore, na costa leste do país, foi derrubada por manifestantes antirracistas no sábado. Trump discursou raivosamente contra os participantes do movimento na noite do dia anterior

(Foto: SPENCER COMPTON / via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Nos Estados Unidos, os manifestantes antirracistas demoliram mais uma estátua ligada à história colonial. A imagem de Cristóvão Colombo, na cidade de Baltimore, na costa leste do país, foi derrubada no sábado (4). Na noite do dia anterior, Donald Trump fez um discurso raivoso contra os manifestantes antirracistas, classificados por ele como uma “multidão raivosa” que quer “apagar a história dos Estados Unidos”. A informação é do jornal O Globo.

No dia 4 de julho, marcado pela independência dos Estados Unidos, Donald Trump discursou e mencionou Cristóvão Colombo.

“Vamos lutar juntos pelo sonho americano e defenderemos, protegeremos e preservaremos o estilo de vida americano que começou em 1492 quando Cristóvão Colombo descobriu a América”, declarou Trump, após atacar manifestantes que denunciam a discriminação racial no país. “Estamos derrotando a esquerda radical, os marxistas, os anarquistas e os agitadores e saqueadores. Nunca permitiremos que uma multidão enfurecida destrua nossas estátuas, apague nossa história e doutrine nossos filhos”, afirmou.

Estátuas de Cristóvão Colombo foram derrubadas ou danificadas em Boston, Miami, Richmond e Camden.

Confira o vídeo:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email